25 de dezembro de 2012

Será que era amor?

Não sei bem ao certo. Foi uma coisa tão intensa, tão verdadeira, tão... eu nunca tinha sentido nada parecido antes, te juro. Deve ter sido esse meu jeito de nunca parar para analisar as coisas – e apenas viver – que acabou atrapalhando tudo. Eu sabia que gostava de você, sabia que gostava do seu sorriso e do modo que me abraçava depois que tínhamos alguma briga. E com tantas coisas das quais eu tinha certeza, me virei para você e finalmente falei aquela frase. Deixei escapar aquilo que você tanto sonhou um dia ouvir. É uma pena, meu bem, que não tenha vindo da pessoa certa.

Mas não me culpe; nem eu mesma me culpo. É só que, na hora, eu tinha certeza do que eu sentia. Te ver feliz me fazia ganhar o dia, e você ficava tão lindo com aquela sua camisa branca (que, aliás, era uma coisa que só eu reparava), que eu fui juntando os pontos. Isso era amor afinal, não é mesmo? Mas se não foi amor, com certeza foi algo bem parecido. Tão perto, mas tão perto... Que quase dava para chamar isso tudo com o nome de tal sentimento.

Agora fico aqui, sentada, refletindo. Fui pega na dúvida de coisas que vivem aqui dentro. Sinto com o coração, mas no momento me obrigo a pensar com a cabeça. Afinal, ninguém mandou eu me entregar tão cega em uma coisa e esquecer de todo o resto.

Você me fez esquecer todo o resto. Mas prometo que dessa vez vou me controlar e não atirar com tudo a culpa nas suas costas.

Não cheguei a uma conclusão, nem sei ao certo se um dia chegarei. Sei que te gostei, te beijei, te vivi. O que eu senti pode não ter continuado da mesma maneira até hoje, mas foi real. De verdade. Se não tivesse sido, não teríamos feito tantas promessas, nem tido tanta paciência e momentos bons. Bons e inesquecíveis.

Mas por outro lado... Se tivesse sido amor, não haveria tantas perguntas, vontade do fim ou tantas palavras rabiscadas num pedaço de papel. Não haveria dúvida. E, no final das contas, talvez eu tenha me enganado duas vezes: quando disse que era amor, e quando achei que nunca iria chegar à alguma conclusão.

12 comentários:

  1. É tão ruim quando encontramos alguém bacana e ficamos nesta dúvida, se é amor ou não... Sempre deixei as coisas tomarem seu rumo, para ver que fim elas teriam, às vezes dava certo não interferir no destino, mas quando via que realmente valia a pena eu mudava de rumo e fazia daquele sentimento o mais verdadeiro.

    É bacana sim, se entregar e correr todos os riscos por um amor, mas isso só pode acontecer se você ver que vale a pena, se tentou de tudo e ainda ficar com dúvidas... é, o jeito é virar as costas e partir.

    Beijos flor *----*
    http://drerodrigues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tá certa Andressa.. às vezes a gente tem que deixar as coisas fluírem mesmo, sem interferir em nada.
    Pois é, as dúvidas meio que podem acabar com uma história, né ;/
    Beijinhos gata!

    ResponderExcluir
  3. muito lindo o texto :') e realmente amor.. a gente nunca quer que acabe.

    www.bygarotas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Inspirador esse texto, acho que a maioria das meninas de hoje já passaram ou vão passar por isso :/

    http://l-ovelythings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Mas que lindo texto. Sabe, eu sou daquelas que acredita que durante nossa vida nós temos vários amores, amor d everdade não precisa se rum só não é, afinal, ele é verdade enquant dura :)
    bjs
    naquelemomentoeujuro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi querida amei seu blog ja estou seguindo *--*
    Tenho um blog: nicollit.blogspot.com

    Se puder dar uma passadinha la (:

    Beijos me segue? <3

    ResponderExcluir
  7. Lindo seu texto! Você escreve muito!! Adorei o jeito que você escreve!! Parece que minha melhor amiga está me contando uma história! Adoro isso!
    Amei seu blog, já estou seguindo!
    Beijos
    aspastelones.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eba, que bom que gostaram meninas! Fico feliz, viu?
    Beijo a todas <333

    ResponderExcluir
  9. Oi Lari,
    Gostei do texto! Me identifiquei bastante porque já senti extamante isso... O mesmo sentimento, as mesmas dúvidas!
    Beijo, tenha uma ótima quinta-feira
     Just Carol

    ResponderExcluir
  10. Que bom que gostou Ca, fico feliz! Coisas assim, quando acontecem, são bem difíceis né :/
    Beijinhos! <3

    ResponderExcluir
  11. Nossa muito lindo o texto e o jeito que voce expressou seus sentimentos nele . Seguindo, retribui ?

    meus-pensamentos.com

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Vitoria! Vou dar uma passadinha no seu blog sim, beijos <3

    ResponderExcluir