17 de abril de 2013

E você o que faz da vida?


Não sei quanto a vocês, mas sempre que ouço essa pergunta paro para analisá-la: "E você, o que faz faz vida?". Será mesmo que existe isso de fazer alguma coisa da vida? Será que não basta a vida já ser complexa demais por si só, a gente ainda precisa fazer alguma coisa dela? Cuma? Pelo que sei a maioria das pessoas responderia: "ah, eu trabalho com isso, estudo aquilo, sou casada, solteira, moro com fulano, sou amiga de ciclano, etc." Mas será que é esta a resposta correta? Fazer alguma coisa da vida se resume a nossos hábitos costumeiros, corriqueiros, "normais"? Não sei, acho que nunca vou saber, só sei que da próxima vez que me questionarem sobre isso irei responder que não sei. Não sei de onde vim, nem pra onde irei – se é que se vai pra algum lugar- e que também não sei o que faço da vida, nem se farei alguma coisa dela um dia. Direi apenas que sou uma viajante, nadando contra maré, enfrentando tempestades, tubarões, mas que também tem lá seus dias de calmaria, maré baixa, brisa no rosto. Direi que na verdade não sou eu que faço algo da vida, mas ela que me faz, que me fez. Essa mesma vida que um dia também irá me desfazer. Não faz sentindo associar quem sou com "o que faço da vida", a vida é muito complexa pra se saber alguma coisa sobre ela. Vivemos em uma eterna suposição.

Débora Bretas tem 17 anos, vai começar a cursar Engenharia Civil no meio do ano e é fã do blog (<3). Você pode acompanhá-la pelo twitter, mas ela também tem facebook, tumblr e ask. Gostaram do texto dela? Pois o de vocês também pode aparecer por aqui. Basta enviar um e-mail para doceapego@hotmail.com com o assunto "Projeto Você no Blog". Corre que ainda dá tempo! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário