31 de maio de 2013

A história de Alice - parte 1


Alice sentia. E isso era tudo o que tinha, sentimentos e um punhado de solidão em seu vazio que chamava de corpo. Era jovem com alma de criança e mente de adulta, não importava se estava em seus 17 ou 130 anos, mas sim que ela vivia. E a vida, para ela, era a coisa mais linda que podia sentir.

Além de sentimentos, Alice guardava felicidade. Se o dia estava bom ou não, tirava de seu bolso o mais lindo sorriso, e então distribuía para quem passasse ao seu lado. Estranhos e conhecidos, todos se sentiam contagiados pela alegria da garota. E esse era o ponto forte de Alice: ela passava seus sentimentos aos outros, todos eles, para todos. Amor e felicidade, alegria e paz interior, inquietude e ansiedade. Alice sabia o quanto era doloroso ter tanto de tantos dentro de si, e resolvera compartilhar para dividir um pouquinho tal sensação. Porque ela, além de tudo, não era sozinha.

Alice tinha o coração carregado de ex-amores não correspondidos, pouca reciprocidade e carinho de amigos maravilhosos. Ela não ficava sozinha se não queria, mas ainda sentia que faltava algo. E era isso que a machucava. Ela tinha sentimentos bons dentro de si, felicidade, alegria, paz interior e tudo isso que já foi dito – mas sentia a ausência de alguma coisa. E o pior: ela não sabia o que era.

Alice andava em seus dias com sorrisos vagos e risadas rápidas, tudo de forma sutil e disfarçada. Ninguém havia percebido que algo envolvia a menina. E esse algo era um nada, e isso era o pior de tudo. Um buraco nunca tinha sido tão doloroso como todas as outras coisas que doíam - que, afinal, não deixavam nada vazio. Tudo o que havia machucado a menina deixara marcas. Mas dessa vez, nem marcas e cicatrizes eram deixadas. E isso, meus caros, eram as piores de todas as dúvidas e dores de Alice.


Finalmente consegui começar a escrever um conto, e eis aqui o primeiro capítulo. Só eu sei o quanto estava querendo escrever um e, numa madrugada qualquer, consegui um impulso. Espero que tenham gostado! Vou tentar postar toda semana, enquanto isso falem comigo nos comentários. Beijo <3

4 comentários:

  1. adorei, continue escrevendo, to curiosa pra ler o restante ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, pode deixar que vou postar mais sim! <3

      Excluir
  2. Que bom que teve esse impulso! E começou muito bem!
    Agora só nos resta aguardar os próximos capítulos...

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Dino! Vou voltar com o conto, pode deixar :)

      Excluir