23 de janeiro de 2015

A(mar) de novo


Ter o coração vazio é mais do que apenas se sentir bem e feliz consigo mesma. Mais do que saber o verdadeiro significado do desapego. Mais do que não sofrer sem necessidade.




Ter o coração vazio é incompletude. É sentir um vazio delicioso no início, que com o tempo vai se tornando um peso. Uma falta de ter motivos complementares para sorrir, para chorar, para sonhar, para viver. 




Esse tipo de coração sente-se feliz com pouco, apenas com ele mesmo - o que é muito, consideradas tantas questões -, sem parecer egoísmo ou algo do tipo. É um coração bondoso. Um coração com cicatrizes, cansado de esperar coisas e pessoas; porém feliz.




Ter o coração vazio é, definitivamente, estar à procura de algo que o livre do buraco. Da solidão. É uma procura imperceptível e frágil, mas que pode ser definida como concluída quando for acabada. 




Ninguém acha algo quando está procurando, mas sim quando está distraído o suficiente para esbarrar no que quer e ser completado com o que falta.




Um coração vazio é um coração preparado para levar pancadas e se encher de amor novamente.




Ainda bem.

2 comentários:

  1. Lindo texto . gostei muito e me identifiquei. Salvei como um.dos meus favoritos :) um beijo ! www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir