14 de maio de 2015

10 coisas que eu aprendi em menos de 3 meses

Imagem: Weheartit
1. Pessoas vão te machucar. E te iludir. E mentir pra você. Mas tudo bem, não se preocupa, o problema não é você - o mundo é assim e sempre vai ser. Principalmente se você for sensível e sentimental como eu, vai acabar acreditando em tudo que te dizem e, bom, acabar se entregando para algo ou alguém que não vai cumprir com as expectativas. A real é que as pessoas falam demais, mas na hora de agir e acordar sempre com o mesmo pensamento e desejo - de cumprirem sempre com o dito - fazem o contrário. Infelizmente </3

2. Mas dá pra aprender com isso, sabe? Muito. Dá pra amadurecer e até deixar de ter corpo mole e acreditar em qualquer frase fofinha que te falam. Ok, dá uma puta raiva, a gente se sente injustiçado e acha que o mundo conspira contra nós, mas sempre, preste atenção, SEMPRE dá pra tirar coisas boas mesmo da pior coisa possível que possa acontecer. O mundo gira e nada que é ruim dura para sempre - assim como nada que é bom, certo? Acontece, simples assim.

3. Querer tudo ao mesmo tempo, uma hora ou outra, vai te sugar por completo. Eu queria tanto trabalhar e estudar ao mesmo tempo, cuidar da casa, de mim, da minha família, amigos e relacionamentos. E não que eu não tenha conseguido; eu consegui e continuo até hoje. Mas a gente acaba tendo momentos de precipício ao querer tudo ao mesmo tempo. O melhor é manter o equilíbrio, pedir e aceitar ajuda, não estamos nem temos que estar sempre sozinhos.

4. O cuidado, proteção e preocupação que você tem com as pessoas à sua volta é proporcional ao descaso e frieza que você irá receber. Ok, nem sempre, nem de todo mundo. Mas geralmente é assim. Quando cuidamos demais e amamos muito, nem sempre as pessoas agem da mesma forma ou nos correspondem exatamente como queremos. Fazer papel de troxa é ótimo mesmo, né, migos? 

5. E ligar só piora as coisas. Demonstrar então, pior ainda. É triste, é cansativo e desgastante, mas desencanar pra tudo é a solução no fim das contas. Às vezes nós nos esforçamos demais para resolver algo que só vai se acertar com o tempo, e isso é um baita gasto de energia - desnecessário, ainda.

6. Tem pessoas que chegam e ficam pra valer, tem outras que em duas semanas já pulam fora. E você vai pensar que o problema é você, que você é um saco de pessoa e ninguém te aguenta e não consegue ficar encantado por você por muito tempo. Mas sei lá, acontece. Num momento queremos e no outro não queremos, mas nem sempre vão te dizer isso ou tentar fazer com que você fique com o pé no chão. Se mantenha por si mesma.

7. Não há nada como cuidados de mãe e vó. Nem se você for no médico, na macumba, na roda de oração (hehe). Nada cura mais que uma boa comida, um bom abraço, um boa noite com carinho e dias com as pessoas que mais te amam e se importam com você no mundo.

8. Nunca sabemos até tentar. A teoria nunca vai ser igual a prática, é fato. Eu por exemplo detestava a matéria de TV na faculdade, até fazer minha primeira entrevista. E me apaixonei, me encantei, apenas quero ser repórter agora, sabe? Não sabia disso até realmente ir lá e fazer.

9. Há muitas pessoas admiráveis no mundo. E, pelas circunstâncias da vida, até podemos nos decepcionar com elas um dia, mas elas continuam sendo como são. Entende isso? Tem gente que não tá mais na nossa vida mas quando entrou acrescentou um bocado, nos fez feliz por um tempo e, não importa o que tenha acontecido, elas são assim e pronto. Há pessoas que eu conheci e em pouco tempo já considero demais, outras nem tanto, e sempre teremos pessoas distintas assim nas nossas vidas. É intenso e hilário ao mesmo tempo.

10. Apesar de tudo, de tudo mesmo - das decepções, mágoas e ilusões, se apegar ainda é a melhor solução. Mesmo que não dê certo no fim, a gente aprende bastante, e sabe que fez o melhor que pôde. Não há sensação melhor do que ter a consciência limpa de saber que fizemos nossa parte e que, se não deu certo, não foi bem nossa culpa. Se apegar é triste mas é lindo, se entregar é mais ainda, e nos amadurece demais.

Um extra porque eu não poderia esquecer disso:

Não ligue para os outros. Nunca. Seja sempre você, por mais que a vida mostre o contrário. Não há ninguém, ninguém MESMO no mundo com as suas características e com os seus sentimentos, e quando ligamos para o que pensam ou vão pensar, nos limitamos muito. As pessoas vão gostar de você exatamente do jeito que você é, sem tirar nem por. E se não estão nem aí pra ti, você não deve ligar também. Só dê o melhor ao mundo, que ele também retribui da melhor maneira que puder.

Eu definitivamente amo listas.

Não sou a pessoa mais entendida, vivida ou madura do mundo, mas sempre passamos por fases em que refletimos e acabamos vendo o tanto de coisas que aprendemos nesse tempo. Espero que tenham gostado e levem isso pra vida como conselho de miga. Beijinhos e até o próximo post 

Nenhum comentário:

Postar um comentário