SEMPRE FOI

Mais um dos muitos textos escritos, reescritos, deixados de lado, que viram rascunho...

Em uma madrugada fria de julho e isso aqui se tornou um canto, um refúgio. Um doce apego. Hoje, me vejo apegada à você e sem riscos ou grandes chances de visualizar nosso amor dando certo.

O que esperar daquilo que nem ao menos conhecemos direito? Parecemos tão fortes e decididos, prontos para amar, preparados para sermos desafiados dia após dia por esse sentimento, que de sentimento não tem nada. Não é uma sensação ou algo que nos empurra para algo. Não... Longe disso, meu bem. O amor é uma escolha. Uma escolha bem feita e articulada, que nos leva direto ao nosso destino final. É uma escolha feita em conjunto, pois dois de comum acordo podem então se tornar um. Um em dois, prontos para se entregar, prontos para cumprir um propósito único, através Daquele que sonha por nós antes de sequer pensarmos no que queremos.

Amor... Como explicar palavra tão complexa, tão curta porém de tão grande significado?

Amor. Aquilo que um dia eu falei que sentia por você. E ainda sinto, com todo o meu ser e em todas as partes do meu corpo, desde a ponta do dedo mindinho - pois foi com ele que fizemos um dia uma promessa. Uma promessa de um dia sermos alguém que pode ser além do que fomos um dia, ou ontem, ou até mesmo hoje - porque o meu maior sonho sempre foi buscar um crescimento e evolução com você ao meu lado. 

Você, que chegou de mansinho e de repente tomou um lugar danado de grande no meu coração. Você, que fez morada na minha mente nos sonhos mais tenros que um dia pude ter. Cada lágrima de saudade escorreu um dia com a dor de quem sonha viver um para sempre. Ou já sonhou. Ou ainda sonha e se faz de fria. Quem pode nos entender e julgar, afinal? Somente Ele, sim. Aquele que vai decidir o nosso caminho.

E se um dia eu te dei meu coração... Hey, não foi em vão. Eu ainda sinto, e sinto muito. O coração está em cima e abaixo dele encontra-se escrito "frágil", assim como me sinto todas as vezes em que lembro de cenas que me torturam e me fazem querer fugir. Aquela estação de  trem de São Paulo cheia, barulho por todos os lados, a despedida do final de domingo, o querer estar mais perto estando tão longe, à quilômetros de distância.

Você mudou a minha mente, o meu coração, e só resta agora mudar o meu futuro. Nada mais depende de mim, eu já entreguei e fiz a minha parte, mas conto os dias em extrema ansiedade para entender o que será de nós. O que será, afinal? Você e eu, metades de uma laranja, ou seremos apenas como aquele suco de limão forte e sem açúcar, bebido às pressas?

É você... Sempre foi e sempre será você. Motivo de minhas orações noturnas diárias. Você.

You May Also Like

0 comments