30 de março de 2015

Resenha: Não se apega, não!


Se afastar da blogosfera e sumir já virou algo comum para mim, eu sei. Vocês já devem até ter se acostumado. Mas isso tem razão, juro. Quando eu tenho um tempinho a mais só quero saber de dormir (pq dormir 4h por noite né fácil não, galera). Acho péssimo ter sono o dia inteiro e à noite, quando posso, ficar acordada como se tivesse tomado xícaras de café. Qual o sentido nisso?

Enfim. Eu comprei esse livro no ano passado, li há um tempinho e só agora parei para fazer as fotos e a resenha. Óbvio que depois dele eu li outros, mas contando os da biblioteca da faculdade (que eu nunca consigo ficar tempo suficiente para fotografar). E quem acompanha os posts do blog sabe, eu gosto de fazer posts com fotos minhas na maioria das vezes.

Talvez essa resenha nem fique tão boa como eu gostaria, pq quando eu leio um livro há muito tempo acabo esquecendo dos detalhes. É tanta leitura ao mesmo tempo que me confundo demais! Mas vamos lá. Vocês devem conhecer o blog da Isabela Freitas, a famosa autora do livro que tem como mantra aquela frase conhecidíssima que diz pra gente não se apegar. Não costumo ler muito o blog dela ~confesso~, mas achei legal o livro.




Dá pra perceber que a história é bem pessoal, sem deixar de dar dicas de como não se apegar, etc etc. É meio auto-ajuda, meio romance... Tem fala, textos, frases fofinhas. É bem aquele tipo de livro que tu compra quando acaba de sair de um relacionamento e quer ficar bem (risos). Mas a leitura é fácil e gostosa, a história é um amorzinho.




No começo tem as regras do desapego, o que eu acharia válido em outra época, mas que agora não ligo tanto. Não é à toa que o nome do blog é "doce apego", e acho que relacionamentos não tem regra. Mas o que eu achei mais legal no livro é aquela vibe de você se colocar em primeiro lugar, se amar primeiro, etc. Todo mundo devia saber disso, né? Mas nunca é demais relembrar. Às vezes nós temos altos e baixos, mesmo a pessoa que mais se ama no mundo tem momentos ruins.




Cada entrada de capítulo tem uma frase da Isa do lado esquerdo. Essa aí é uma das que eu mais gosto <3




O livro acaba de um jeito inesperado e (na minha opinião, galere), deixou um pouco a desejar no fim, mas eu curti! Acho que a ideia que a autora passa é bem legal, mas é aquilo que eu disse, sabe... Não existe uma regra geral, e não podemos evitar nos apegar em algo que nos faz bem. Só nos colocarmos em primeiro lugar, sempre <3



Acho que tanto tempo sem postar aqui me fez desaprender a fotografar hahahaha.

A obra é da Editora Intrínseca, tem 254 páginas e - relaxem - capítulos curtinhos + páginas amareladas. (♡)

Enfim, quem tem interesse em comprar o livro, pode achar no Submarino, na Americanas e na Saraiva. Quem ficou afim de ler o blog dela com textos nesse estilo, só clicar aqui. Na fan page também tem bastante coisa legal!

Por hoje é isso genti lynda, beijos e até o próximo post! 

21 de março de 2015

~



Cansei de carregar milhões de medos
Das pessoas que me cercam e me pesam de agonia
Eu já tenho lá os meus anseios, os meus receios
Que eu perco com a luz do dia
Eu tenho acordado cedo e me sinto ótima

Eu gosto do gosto da coragem
A melhor viagem é seguir a trilha que eu abri
Eu me achei no colo do meu par
A melhor parte de mim eu acabei de descobrir
E se perguntarem por mim, diga que estou ótima

O que está havendo em mim
Eu já nem sei dizer
Será que a sorte foi onde eu não posso ver
Eu tenho o céu de abril
Pra desentristecer
Serei o que sobrar de mim
Sem nada a perder

11 de fevereiro de 2015

Receita: Suflê de legumes


Oi, gente! Sei que parece estranho mas sim, o post dessa vez é uma receita <3 Aprendi com a minha mãe esses dias e resolvi tentar sozinha, já que não to fazendo nada e tô de férias da faculdade [indo para o terceiro semestre já, uhul]. Esse suflê é rapidinho pra fazer, não precisa de muita coisa e fica muito muito bom. Espero que vocês gostem e entendam o post, já que eu não sou muito de falar sobre receitas e tal hahah.


Como o nome mesmo diz, você pode fazer a receita com qualquer legume, mas como só tinha cenoura em casa foi o que eu usei (risos). Fica bom com chuchu, abobrinha... Primeiro você refoga o legume escolhido com cebola e óleo, eu coloquei alho também!


1. Em um recipiente, você tem que ir colocando os ingredientes que no fim vão virar um creminho que nem no número 5. Primeiro duas colheres de manteiga (margarina, whatever).

2. Aí vem o leite, porém não tem uma quantidade exata, só fui colocando até achar o quanto tava bom, hehe.

3. Com a farinha de trigo eu fiz a mesma coisa que o leite.

4. Um ovo que depois vai ser separado em clara e gema (aí você só vai usar a gema).

5. Mexa tudo até ficar cremoso, tipo massa de bolo.

6. Depois você mistura com o legume já pronto, e não reparem na foto porque eu deixei queimar a cebola rs.


Esse esquema aí que eu aprendi num site é maravilhuóso pra separar a gema da clara. Ah, a gema vai lá pro recipiente da foto de cima, e a clara tem que ser mexida até ficar beeem em neve :)


Aí você coloca numa forminha porque sim, vai para o forno! Jogue a clara em cima, um pouco de queijo ralado e eu coloquei também orégano. Deixei no forno por uns 15 minutos só pra gratinar mesmo.



Voilá! Aí está o suflê prontinho saído do forno, e no meu prato com a minha proteína de soja querido ao lado <3 É muito fácil, viram? E fica muito goxtoso.

Espero que tenham curtido, não é sempre que eu falo sobre culinária aqui (até porque não sei nada hahah) mas enfim, quem sabe tenha outros posts, se eu aprender a fazer mais coisa e tal. Beijo e até o próximo post 

6 de fevereiro de 2015

[TOP 5] filmes de janeiro


Hailou galera! Bom, pra começar o post, devo dizer que: me acho péssima em resenhas. De livro até vai, porque a história geralmente me prende, mas filmes... Nunca costumo lembrar dos detalhes e o ideal seria assistir e já vir falar sobre. Porém decidi separar pra não ficar uma coisa zuuuper detalhada e gigante num post só. E aí está o TOP 5!

Uma das minhas metas pra esse ano é assistir mais filmes - principalmente ir ao cinema -, já que ano passado eu não fiz muito isso. Janeiro foi definitivamente o mês dos filmes! Sozinha, com a galera, no cinema com uma amiga ou amigo... Já que eu não saí muito, resolvi assistir muitos filmes e olha, netflix tá definitivamente no meu coraçón <3




OUIJA - O JOGO DOS ESPÍRITOS: Que eu adoro filmes de terror acho que as pessoas já estão cansadas de saber. Esse eu assisti no cinema com uma amiga e achei muito bom! Fala sobre duas amigas que desde pequenas jogam o tabuleiro Ouija como brincadeira, fazendo perguntas sobre o futuro ou do tipo bobas, sabe? Isso porque elas não sabiam que o bang é serio. Aí elas crescem, uma delas acha o jogo em casa e aí tudo começa! tchnananam... Dá uns sustos no final, e eu achei a história bem louca. E, bom, é daquele nipe de os espíritos perseguirem todos os personagens do filme, então vocês já devem ter imaginado o fim (sem spoiler, ok).



AMOR ALÉM DA VIDA: Filme mais maravilhoso de todos os tempos, fim! Quem estrela é nada mais nada menos que o Robin Williams... O personagem dele sofre um acidente terrível e vai para o céu, a mulher dele não suporta e comete suicídio para reencontrá-lo. O que ninguém espera é que eles acabam parando em lugares diferentes, e ele faz de tudo para ir atrás dela. Já contei demais mas enfim, assistam que vale muito a pena, um dos melhores filmes que já assisti. Ps.: chorei em posição fetal por uma meia hora, não assistam na TPM.



INATIVIDADE PARANORMAL 2: Não é um dos melhores, mas é engraçadinho! Apesar do nome, não fala apenas sobre o filme Atividade Paranormal, mas é um mix de vários outros... Uma paródia sobre Anabelle, Invocação do Mal, um outro lá que esqueci o nome (ops, é muito filme pra minha cabeça!). Não sou de rachar em filmes de comédia apesar de gostar bastante, mas achei que eles podiam ter feito melhor. Minha opinião, apenas. heh



INVOCAÇÃO DO MAL: Você vê lá "baseado em uma história real" e pensa pronto, não vou sobreviver. E pra ser sincera eu não assisti o fim (bem na parte que o negócio tava ficando bom e fazendo todo mundo morrer de susto a gente parou). Mas pelo que eu vi, filme super bom. Roteiro, cenas, efeitos e história - apesar de ser real, ok. Tomei muito susto e achei que são um dos melhores de terror que já assisti. Sobre ele, bom, nada de muito diferente. A família tá sendo perseguida pelos espíritos ruins etc etc aí tem um casal que é tipo "caça-fantasma" e ajudam eles e tal. Pretendo assistir o fim, com certeza, porém não sozinha.



GAROTA MIMADA: Também gosto muito de filmes dramáticos-de-comédia-adolescente e ok, podem me zoar. Nunca tinha assistido esse e peguei pra ver um dia desses no netflix. Não esperava muita coisa, mas curti. A personagem da Emma é super mimada e acaba parando num internato da Inglaterra, e lá ela aprende muita coisa (tipo não ser mimada, esnobe, egoísta, etc). Não foge muito do clichê de filme adolescente, mas achei fofinho e com uma moral bem legal.

Então é isso gente! Claro que eu assisti mais de 5 filmes em janeiro, mas peguei os que eu lembrei e mais gostei. Assisti muito filme repetido também... Sabe, essa mania de ver o mesmo filme várias e várias vezes porque eu amo (risos). Espero que tenham gostado, beijos e até o próximo post